Saiba como funciona a haloterapia

A fórmula poderá ser utilizada como parte do tratamento para ansiedade, do estrese e doenças respiratórias.

Postado em 15/02/2018.

A terapia do sal, também conhecida como haloterapia, é uma forma complementar para tratar as doenças respiratórias, bastante indicada para pacientes com asma, bronquites, rinites, sinusites, que aparecem com frequência ou até mesmo resfriados e gripe. Conforme os dados do Ibope, pelo menos 44% dos brasileiros sofrem deste tipo de problema.

Esta é uma terapia que surte efeitos positivos em quem tem alergias a alguns problemas de pele, bem como distúrbios como por exemplo a ansiedade e o estresse.

Saiba como funciona a haloterapia

O que é a haloterapia e como ela pode ser usada como tratamento?

A haloterapia, é um tipo de tratamento natural e complementar indicado para alergias, bem como desconfortos respiratórios, alguns problemas de pele, e ainda poderá ser utilizado para diminuir o estresse e principalmente a ansiedade.

Durante uma sessão, ocorre a inalação de sal ionizado, o que contribui para o tratamento complementar de doenças respiratórias, entre elas a asma, a bronquite, a sinusite, a rinite e alergias, além de dermatites e psoríase. Os íons negativos que são emitidos juntamente a cromoterapia existente na sala de sal, acabam provocando um relaxamento profundo, com a capacidade de oferecer uma boa melhoria de humor para o paciente.

Este é um tratamento alternativo? Pode ser realizado como alternativa única ou prevenção?

O tratamento não é uma prática alternativa, mas sim uma prática complementar e integrativa. Além disto, o tratamento não é indicado para substituir os tratamentos convencionais, e sim os complementar. Poderá ser ministrado com um objetivo de prevenção.

Como os sais agem no organismo?

Os sais são os principais terapêuticos utilizados na haloterapia, com grau de pureza que precisa inclusive variar entre 97 a 99% e sem iodo. O sal serve como um agente terapêutico que mata os vírus, os fungos, bactérias e também leveduras. Isto age promovendo a profilaxia do sistema respiratório, é mucolítico ou seja, remove o muco e o catarro acumulado nas vias aéreas liberando assim a passagem de ar por narinas. Ele serve como um anti inflamatório e ainda reduz o inchaço nas mucosas nasais, aumentando desta forma o conforto respiratório, provocando desta forma uma sensação de alívio imediato.

Outro ponto terapêutico são os íons negativos, que são chamados de vitaminas do ar, e são produzidos na natureza por fenômenos naturais. No caso do sal, os íons negativos são produzidos de forma natural a partir da quebra de partículas salinas no halogerador. A partir disto, os íons negativos também podem provocar um relaxamento profundo, melhorando assim o humor.

A haloterapia pode ser utilizada a partir de que idade? Existe alguma contra indicação para a prática?

Ela é adequada para qualquer pessoa a partir de seis meses de idade, as contra indicações por sua vez são pontuais. Aos pacientes por exemplo que desenvolvem a fase aguda de algumas doenças, pessoas com sistema imunológico debilitado, e hipertensos descompensados.

Outra particularidade é que a haloterapia é um tratamento disponível na rede pública de saúde apenas em países como a Inglaterra a Rússia, a Estônia e a Polônia, não está disponível de forma pública no Brasil.