Dicas para evitar o parto prematuro

Ao tomar alguns cuidados, é possível se diminuir as chances de parto prematuro.

Postado em 18/03/2018.

Conforme dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde, ao menos 10% dos bebês acabam nascendo de parto prematuro ao redor do planeta. Esta é uma estatística que assusta muitas gestantes e faz surgir diversas perguntas relacionadas as causas do problema e formas de prevenção inclusive.

Dicas para evitar o parto prematuro

As principais causas

O parto poderá ser considerado prematuro por especialistas quando acontece até três semanas antes da data prevista. São diversas as causas destes problemas, alguns fatores por exemplo, são relacionados de forma direta á mãe e a sua condição existente de saúde, já outros são próprios do período de gestação.

Tanto a idade da gestante, antecedentes de parto prematuro e as doenças que ela venha a ser portadora poderão influenciar de forma direta negativamente ao desenvolvimento gestacional, além da eclampsia, gestação de múltiplos, má formação de fetos, anomalias de útero e a falta de um controle de pré natal. Alguns hábitos, como por exemplo o tabaco, o álcool e as drogas, além de situações de estresse emocional e acidentes que a mãe possa vir a sofrer são algumas causas comuns de partos prematuros.

Como prevenir que um parto ocorra de forma prematura?

O pré natal serve como o melhor instrumento para o controle dos fatores de risco que se envolvem na gravidez. Este tipo de acompanhamento quando é realizado por um melhor profissional e com regularidade poderá auxiliar não apenas na detecção de fatores de risco, mas para prevenir os problemas mais graves que podem ocorrer próximo da hora do parto. A gestante por sua vez poderá tomar alguns cuidados pessoais para prevenir esta situação.

A gestante deverá estar sempre bem hidratada

O consumo de muita água durante o dia é importante mesmo para quem não seja gestante. Para este grupo ela se torna fundamental, a falta de água poderá gerar contrações, um fator que poderá adiantar um pouco o parto. A melhor dica é prestar atenção na coloração da urina, se ela estiver amarelo pálido, você está consumindo água em quantidade suficiente. As gestantes por sua vez possuem uma maior necessidade de ir ao banheiro, e o consumo de água acaba por aumentar esta necessidade. Tenha um grande cuidado para não deixar a bexiga muito cheia, pois isso poderá gerar contrações.

O cuidado com as medidas também é importante

Sempre que estiver mais avançada uma gestação, menores serão as medidas do colo do útero. Em cada período gestacional, ele deverá contar com uma largura específica conforme especialistas.

  • Entre 16 a 20 semanas, as medidas ficam entre 4 a 4,5cm.
  • Já entre 24 e 28 semanas, as medidas devem ficar entre 3,4 a 4 cm.
  • No final da gestação, entre 32 a 36 semanas, as medidas deverão ficar entre 3 a 3,5 cm.

Ao perceber que a abertura do colo é menor do que quatro centímetros e perceber sintomas de parto prematuro é fundamental buscar ajuda imediata de um médico, pois algo errado certamente está acontecendo.