Mitos e verdades sobre protetores térmicos

Confira alguns mitos e verdades sobre os produtos utilizados antes do secador e da chapinha.

Postado em 19/03/2018.

Os cabelos são bastante sensíveis ao calor do secador e da chapinha, bem como do babyliss e o difusor, e o protetor térmico existe para salvar os fios dos temidos estragos. Este é um item bastante utilizado nos salões de beleza, apesar disto, muitas mulheres ainda não possuem o hábito de utilizar o produto em casa mesmo, ou não entendem como funciona nem como encontrar o protetor térmico ideal para os cabelos.

Se você vive nesta situação, saiba que o item acaba agindo criando uma camada protetora ao redor dos fios de cabelos, para evitar que o calor das ferramentas possam ressecar e quebrar os fios, evitando ainda o temido frizz.

Mitos e verdades sobre protetores térmicos

Protetores térmicos sempre devem ser utilizados antes do secador ou da chapinha

Como seu nome já diz, o protetor térmico acaba agindo como uma proteção ao secador e a chapinha. Por este motivo, o mais interessante é aplicar o produto nos fios úmidos antes de você ligar a ferramenta de calor que será utilizada. Caso você deixe para aplicar o protetor posteriormente, os fios de cabelo irão ficar expostos a agressão de altas temperaturas e podem ficar opacos e ressecados, portanto isto é uma verdade.

Os produtos termoativos são a mesma coisa que protetores térmicos

Isto é um grande mito, apesar dos nomes serem parecidos, os produtos termoativos não possuem uma mesma função do que os protetores térmicos. Na verdade eles servem como um tipo de tratamento e poderão ser utilizados mesmo quando não existe uma intenção de fazer escova ou mesmo de secar os fios. O produto poderá ser encontrado em forma de creme, de máscara ou de leave-in, este item termoativado possui substâncias nutritivas que agem quando existe uma fonte de calor próxima.

A proteção térmica apenas aparece em óleo capilar

Este é um grande mito, a proteção térmica costuma aparecer com uma grande frequência nos óleos capilares, mas a função poderá também ser encontrada em leave-in, em sérum e inclusive em sprays. A melhor dica está em procurar a textura que caia melhor para seu tipo de cabelo, sejam eles lisos e finos, que se adaptam melhor ao leave in, estes enquanto cacheados, crespos e grossos poderão receber melhor os óleos térmicos.

O protetor térmico e o anti frizz são uma mesma coisa

Isto é um grande mito, o anti frizz é um grande queridinho de muita gente, e é muito utilizado tanto antes como depois da chapinha e do secador de cabelos. Mesmo que o cabelo fique realmente mais alinhado, e brilhoso com a utilização do produto, ele não é a mesma coisa que um protetor térmico, pois não possui partículas que consigam blindar o cabelo do calor. A melhor dica para utilizar as duas funções é encontrar um protetor térmico que prometa evitar situações de frizz.

Pessoas que fazem escova progressiva não precisam utilizar protetor térmico

Grande mito, já que donas de cabelos com escova progressiva, relaxamentos e colorações poderão e devem utilizar o protetor térmico antes de utilizar o secador de cabelos ou a chapinha. Este tipo de cabelo já sofreu agressões por conta da química e precisa sempre estar protegido de altas temperaturas, estas que podem gerar quebra, ressecamento e opacidade dos fios mais rápido.