Dicas para cuidar da beleza durante a gravidez

Saiba como cuidar do rosto e do corpo durante a gravidez para não ter heranças indesejáveis da gravidez.

Postado em 27/02/2018.

Para que possa manter a beleza, vale a pena comer alimentos saudáveis ao longo da gestação. A partir disto, a gravidez acaba por proporcionar diversos benefícios para a beleza das mulheres, como por exemplo a pele viçosa e os seios turbinados. Apesar disto, a futura mamãe precisa aprender a cuidar do corpo e do rosto durante a gestação para não passar por heranças indesejáveis no pós parto.

Dicas para cuidar da beleza durante a gravidez

O rosto deverá contar com proteção máxima

Os hormônios deixam a pele muito mais bonita, hidratada e principalmente viçosa. A partir disto você percebe uma grande diferença a partir do quarto mês e até mesmo poderá comemorar o desaparecimento das acnes. Estudos realizados com gestantes apontam que pelo menos 75% delas contaram com a diminuição do problema. Caso as espinhas não sumam, a limpeza de pele e tratamentos como o peeling de cristal estão liberados após o primeiro trimestre.

Na gravidez, os motivos para se preocupar são as manchas, com isto a produção da melanina fica mais estimulada e altera a pigmentação da pele, favorecendo assim o surgimento de sinais escuros na pele. Por este motivo, é fundamental caprichar no protetor solar com FPS acima de 30 e evitar o sol. Caso as manchas apareçam, não fique tensa, na maior parte das vezes elas somem em torno de quatro meses depois do parto. Situações mais graves pedem por cremes clareadores liberados para gestantes.

Para seios mais firmes

Já no primeiro mês de gestação, os seios acabam ficando maiores, e á medida que a gravidez avança, as aréolas escurecem, por conta do aumento de melanina e inclusive se tornam salientes. Procure se utilizar de decotes que sempre quis e incremente a sua coleção de lingeries com sutiãs confortáveis e de sustentação, com alças laterais mais largas. Capriche sempre na hidratação com óleos e cremes á base de elastina e silício, estes que devem ser aplicados até duas vezes ao dia. Evite os mamilos e os bicos para não afinar a pele e prejudicar na amamentação.

As mãos e unhas devem ficar a salvo

A eritema palmar, também conhecida como vermelhidão na palma das mãos, é comum a partir do segundo trimestre de gestação. Este se trata de um distúrbio vascular gerado por uma elevação de hormônios estrogênicos que desaparece entre seis e sete semanas após o parto. Uma outra ameaça para as mãos e as unhas são as infecções por fungos, vírus e bactérias, pois a imunidade costuma baixar nesta fase.

Muito creme na barriga

Procure sempre se orgulhar do barrigão, e valorize o seu corpo com roupas que possam realçar a silhueta, afinal de contas ela agora é o centro das atenções, mas não relaxe com a hidratação e a nutrição da pele da região, esta que irá ficar altamente sujeita a estrias, devido ao estiramento excessivo, apesar do terceiro trimestre ser o mais crítico, os cuidados devem ser tomados desde o começo da gravidez.